Menu do Site


Copyright
MicroUniverso 2020

7 segredos de gestão para o varejo
2205
post-template-default,single,single-post,postid-2205,single-format-standard,bridge-core-2.2.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-21.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive
 

7 segredos de gestão para o varejo

7 segredos de gestão para o varejo

Ter um negócio na área de varejo exige uma série de cuidados importantes para quem deseja crescer e ganhar espaço no mercado local. Para isso, torna-se fundamental ter uma gestão impecável, capaz de analisar e acompanhar o que acontece na empresa, em tempo real, em busca de melhores resultados.

Contudo, esse pode ser o calcanhar de Aquiles para muitos que, apesar de anos no mercado, não conseguem fazer o seu negócio no varejo expandir como gostaria. Por isso, é importante identificar formas de ter um controle mais preciso em seu dia a dia e, assim, potencializar vendas, fidelizar clientes e tornar-se líder no mercado.

Para isso, mostraremos 7 dicas imperdíveis de gestão no varejo. Continue lendo e tire suas dúvidas sobre o tema.

1. Use um sistema de gestão para varejo

Um dos primeiros pontos que podem destacar o seu negócio é usar um sistema de gestão para varejo. Por meio dele, é possível automatizar e gerenciar tarefas em uma mesma plataforma, permitindo controlar uma série de ações que são importantes para o negócio em um mesmo local, facilitando as ações e intervenções necessárias.

Um ERP (Enterprise Resource Planning, sistema próprio para gestão integrada), por exemplo, é capaz de:

  • controlar as estratégias internas com eficácia;
  • fazer processos totalmente integrados em cada setor da empresa;
  • permitir maior agilidade no atendimento ao cliente;
  • realização de pedidos de compra e venda e gestão deles por meio do sistema;
  • gerar controle de estoque;
  • ter controle financeiro impecável (fechamento de caixa, fluxo de caixa, controle de crediário, contas a receber, a pagar, tesouraria, entre outros);
  • implementar tecnologias importantes de gestão inteligente (como Business Intelligence e Cockpits);
  • permite implementação de módulos específicos, de acordo com a natureza do seu negócio.

É importante pensar na necessidade de usar um sistema focado no varejo. Assim, toda a arquitetura e módulos presentes estão voltados para esse modelo de negócios, evitando problemas de desalinhamento com os objetivos da empresa.

2. Aposte no desenvolvimento da equipe

Os resultados no varejo também são feitos dos esforços dos times que trabalham no negócio. Afinal, não adianta ter as melhores ferramentas disponíveis, se os envolvidos não saberem como lidar com elas no dia a dia. Por isso, quanto mais você priorizar o desenvolvimento dos times, melhor as relações fluirão no dia a dia.

Assim, busque sempre capacitar os times, seja acerca das atividades específicas que façam, seja para questões que melhorem as pessoas nos aspectos de:

  • comunicação;
  • trabalho em equipe;
  • liderança.

3. Adote uma postura flexível com os clientes

Outra forma de melhorar a gestão no varejo é pensar em uma das pontas mais importantes dos processos: o cliente. Ser incisivo e inflexível pode afastar o seu público, que busca formas de obter melhores condições, de forma a garantir uma compra segura e de acordo com suas expectativas.

Por isso, é fundamental que você tenha uma postura flexível com o seu público, oferecendo diversas formas de pagamento, condições de entrega, entre outros. Além disso, treine os colaboradores que prestam atendimento para terem essa conduta em suas atividades.

4. Fique sempre atento ao mercado

Com a transformação digital, cada vez mais, o mercado tem se transformado, com maior agilidade, seja nas áreas específicas, seja na estrutura da organização de modo geral. Por exemplo, temos tecnologias novas sendo inseridas no ambiente de trabalho, modos diferentes de lidar com o público, modelos de trabalho e de gestão mais modernos, entre outros.

Por isso, estar atento ao mercado é fundamental para implementar novidades em seu negócio que o tornem mais competitivo ao longo do tempo, passando à frente dos seus concorrentes diretos e indiretos.

5. Tome decisões baseadas em dados

Um erro comum dos gestores é basear as decisões em achismos e impressões, deixando de lado os dados objetivos nas escolhas. Contudo, algumas situações podem parecer favoráveis, mas no fundo, esconder algum tipo de crise prestes a existir. Por isso, é fundamental ter os dados ao seu lado.

Por meio deles, é possível tomar decisões de forma objetiva — baseadas no que, de fato, acontece —, mesmo que tenha algum tipo de problema começando a surgir. Assim, é possível intervir de forma proativa e precoce, evitando crises surgindo e potencializando situações favoráveis.

Por isso, os sistemas de gestão são fundamentais para que o negócio possa ter um crescimento melhor. Eles fornecem os dados fundamentais para que seja possível ter informações em mãos, em tempo real, garantindo que qualquer tipo de alteração não passe despercebida.

6. Mensure indicadores de desempenho

Para compreender como os dados estão relacionados com o desempenho da empresa, torna-se fundamental mensurar os indicadores ao longo do tempo. Eles fornecem informações precisas sobre em quais pontos é possível intervir ao longo do tempo.

Por exemplo, ao analisar indicadores financeiros, é possível verificar em qual ponto específico ocorre algum tipo de problema e fazer as intervenções necessárias para garantir melhores resultados. Contudo, isso só é possível quando são escolhidas as métricas corretas para análise e, assim, identificar os pontos certos de intervenção.

7. Invista em boas tecnologias

Além do sistema de gestão, as tecnologias são fundamentais para conseguir uma gestão eficiente no setor de varejo. Elas permitem potencializar as rotinas internas, encontrar formas de agilizar as tarefas, garantir menor risco de erros e retrabalho, entre outros.

Algumas tecnologias que podem ser implementadas a fim de melhorar a gestão são:

  • chatbot para atendimento ao cliente;
  • ferramentas de automação;
  • big data e analytics;
  • business intelligence, cockpits, entre outras.

Assim, as novas tecnologias cumprem um papel fundamental na gestão de varejo das organizações. Deixar isso de lado pode trazer uma série de consequências complicadas. Portanto, torna-se fundamental que você esteja atento às novidades que são implementadas no mercado atualmente. Temos certeza de que isso será um grande diferencial.

A gestão de varejo gera uma série de desafios para os donos de negócios nessa área. Por isso, não deixe de contar a sua experiência ou expressar as suas dúvidas nos comentários.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.