Tempos de crise: como diminuir os impactos na sua loja de material de construção - MicroUniverso
Menu do Site
Copyright MicroUniverso 2017
Tempos de crise: como diminuir os impactos na sua loja de material de construção - MicroUniverso
1841
post-template-default,single,single-post,postid-1841,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Tempos de crise: como diminuir os impactos na sua loja de material de construção

Tempos de crise: como diminuir os impactos na sua loja de material de construção

A pandemia gerada pelo novo coronavírus trouxe uma situação inesperada para o comércio de modo geral: a necessidade de fechar as portas ou, em caso de serviços essenciais, verificar que poucas pessoas estão, de fato, dispostas a irem às ruas para realizarem suas compras.

Com isso, muitos setores estão passando por crises nesse momento. As lojas de materiais de construção, por serem tratadas como essenciais, podem sentir isso um pouco menos, mas ainda terem diferenças gritantes no caixa no final do mês.

Em tempos de crise, é hora de se reinventar: confira como diminuir os impactos gerados pela Covid-19 em seu negócio, atraindo clientes com criatividade e boas ideias. Boa leitura.

Faça vendas remotas

Permita que o cliente possa realizar as suas compras sem precisar, necessariamente, estar presente na loja. Isso é possível por meio de canais de comunicação devidamente funcionando, como os messengers e directs das redes sociais, canal no WhatsApp, telefone da loja, entre outros.

Para isso, é fundamental ter uma equipe disponível para realizar os atendimentos. Eles deverão ser solícitos, tirar as dúvidas dos clientes e conseguir, assim, potencializar as chances de compra por esses locais.

Invista em vendas pelo e-commerce ou marketplace

O atual cenário mostra uma questão importante para os donos de negócios das mais diferentes áreas: o futuro é online. Isso não significa que você vai abrir mão da sua loja física, mas que sem uma presença online, os resultados podem ficar aquém do esperado ou passar por uma grave crise diante de situações atípicas (como a pandemia da Covid-19).

Essa não é uma tendência nova, já que o mercado de e-commerce já vinha se fortalecendo antes mesmo desse cenário. Em 2019, essa área teve um aumento expressivo de 22,7% , e continua crescendo durante a pandemia. Por isso, se você ainda não vende em uma plataforma online, melhor começar a rever essa situação.

Faça parcerias de divulgação

Outro ponto importante e que pode auxiliar seu negócio a alavancar nesse período é realizar parcerias de divulgação com influenciadores ou outras empresas da região para que o seu negócio chegue ao alcance de outras pessoas.

Lembre-se que lojas de materiais de construção são consideradas fornecedoras de serviços essenciais, portanto, não gerará nenhum buzz negativo esse tipo de ação (muitas empresas que não são essenciais podem passar por críticas dos usuários por estarem abertas, por exemplo).

Conheça quem são aqueles que podem auxiliar nesse momento, e lembre-se que a divulgação será um investimento para capitanear mais clientes. Muitos potenciais compradores podem estar precisando dos itens presentes em sua loja, mas não sabiam que ela estava aberta ou que havia os produtos disponíveis nela.

Invista em delivery de materiais

Para quem trabalha com loja física, esse pode ser um momento muito delicado. Para isso, é importante que você faça uma mudança no modelo de negócio da empresa: passe a trabalhar com delivery. Muitas pessoas precisam dos materiais, mas não querem sair de casa para se exporem ao risco de contágio.

Para isso, uma forma interessante é trabalhar com delivery de materiais em sua loja. O cliente pode fazer a solicitação da venda por diversos canais (redes sociais, WhatsApp, site da loja, e-mail) e receber a compra em casa.

É importante, assim, contar com um serviço de entrega eficiente e um gerenciamento de vendas. Outro ponto é disponibilizar, também, máquinas de cartão e troco para realizar a entrega com maior eficiência.

Defina os valores a serem pagos de frete por região e deixe isso claro para o cliente no ato da compra. Esse valor deverá ser avaliado em conjunto com o entregador, para evitar prejuízos.

Invista em compras online com desconto para retirada posterior na loja

Muitas pessoas evitam as compras online devido ao valor do frete. Por se tratar de um tipo de compra com peso considerável, os valores de entrega podem ser altos e afastarem o cliente final.

Para gerar um diferencial para seu negócio, uma opção é investir na possibilidade de compra online com retirada posterior na loja. Mas atenção! Para implementar isso, é fundamental que, antes, você estabeleça algumas regras para evitar problemas que possam comprometer a segurança dos seus clientes e colaboradores. São elas:

  • todos os funcionários envolvidos no processo devem ter equipamentos de proteção para que possam trabalhar adequadamente;
  • todos os procedimentos de higienização pessoal e dos materiais trabalhados devem ser realizados;
  • para evitar aglomerações, é fundamental estabelecer agendamentos do período de retirada;
  • estabeleça um teto máximo para atrasos, ou isso poderá gerar gargalos e atrasos;
  • faça marcas no chão para que, caso seja necessário estabelecer uma fila, os clientes possam ter o distanciamento adequado;
  • solicite para que seus clientes vão à retirada com máscaras de proteção e respeitem as marcas estabelecidas;
  • deixe claro que todo o processo de proteção dos colaboradores e higienização dos materiais está sendo realizado.

Venda EPIs

Nesse momento, muitas pessoas estão focadas em comprar EPIs para proteção, adaptando-os para o cenário da pandemia da Covid-19. Por exemplo, não são raros aqueles que estão adquirindo máscaras utilizadas no setor de construção como proteção, após a recomendação do uso realizada pelo Ministério da Saúde.

Os óculos de proteção também têm sido uma oportunidade de venda para aqueles que estão expostos a contato com outras pessoas cotidianamente. Isso porque a transmissão do coronavírus pode ser feito pelo contato de secreções dispersas no ar, em contato com os olhos.

É uma opção, por exemplo, para que funcionários de determinadas áreas (supermercados, farmácias, entre outros) possam se proteger durante a execução de suas atividades, já que o uso da máscara não é obrigatório em todas as cidades, de forma que essas pessoas podem estar expostas sem o equipamento de proteção. Direcione seu marketing e ações de parceria para esse fim.

Invista em vouchers de compras

Muitas pessoas sabem que precisarão realizar compras futuras em lojas de construção. Por exemplo, um potencial cliente pode estar pensando em fazer uma obra em casa quando tudo isso passar. Nesse caso, eles provavelmente só farão a compra após o término da quarentena e a sua loja perderá a oportunidade de realizar uma venda em um momento tão delicado.

Então, que tal sugerir uma ideia interessante para os seus clientes: eles adquirem vouchers para realizar compras após o período da pandemia. Sendo assim, eles ajudam a sustentar a loja aberta nesse momento e garantem a aquisição dos materiais que desejam futuramente.

Uma opção, por exemplo, é oferecer possibilidade de parcelamento no cartão em valores mais altos. A loja receberá o valor integral e o cliente poderá ter uma maior facilidade para parcelar, de forma que, quando for realizar a obra, já tenha acertado os valores dos materiais e se preocupe apenas em arcar com a mão de obra.

Em tempos de crise, aqueles que conseguem se adaptar sobrevivem. Lembre-se: isso é passageiro, não durará para sempre e logo a situação voltará ao normal. Enquanto isso, proteja seus funcionários, seu negócio e seus clientes.

Gostou do conteúdo? Tem algo mais a acrescentar? Deixe aqui nos comentários!