Menu do Site


Copyright
MicroUniverso 2020

8 dicas imprescindíveis para aumentar o faturamento da sua empresa!
1158
post-template-default,single,single-post,postid-1158,single-format-standard,bridge-core-2.2.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-21.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive
 

8 dicas imprescindíveis para você aumentar o faturamento da sua empresa!

8 dicas imprescindíveis para você aumentar o faturamento da sua empresa!

Quando você abre um novo negócio o objetivo é simples e claro: obter sucesso nas atividades e gerar lucro com elas, certo? O problema é que os tais “sucesso” e “lucro” não seguem uma fórmula mágica para acontecer. Por isso, entendemos que se você está aqui, é porque quer descobrir como aumentar o faturamento da empresa.

Basicamente, aumentar esse indicador exige alguns passos comuns para qualquer tipo de negócio, trata-se de aumentar o número de clientes que a sua empresa tem, o gasto médio de cada um desses clientes e também a frequência com que eles compram.

Parece fácil? Não é. Continue conosco até o final deste post! Vamos mostrar dicas de faturamento importantes para o seu negócio e descubra como transformar a realidade da sua empresa. Boa leitura!

A diferença entre lucro e faturamento

Sabemos que você está buscando melhorar seus resultados e o seu faturamento. Porém, antes de qualquer coisa, precisamos explicar exatamente o que é o faturamento e como ele se diferencia do lucro, afinal, uma simples confusão entre esses termos pode ter um grande impacto nos negócios.

O faturamento nada mais é do que o montante de receita que a sua empresa teve em determinado período, resultado, é claro, das vendas que realizou. Em geral, o faturamento é um valor bruto, do qual não foram descontados as despesas e os gastos.

Um pouco diferente disso, o lucro é o valor líquido restante da subtração dos gastos (despesas e custos) de um determinado período em relação ao total das receitas desse mesmo intervalo de tempo.

Portanto, se você somar tudo o que a sua empresa vendeu no último mês, terá em mãos o faturamento mensal. Se, desse valor, reduzir os gastos com salários, água, luz e aluguel, por exemplo, obterá o lucro do período.

8 dicas para aumentar o faturamento da sua empresa

Entendidas as diferenças entre esses dois conceitos, é hora de descobrir como aumentar faturamento da empresa!

1. Aumentar o número de clientes

É lógico que para realizar vendas você precisa de clientes dispostos a comprar. Logo, se cada realizar uma compra, quanto mais clientes você tiver, maior a probabilidade de você aumentar o volume de negócios e, consequentemente, melhorar o faturamento.

Mas isso não é nenhuma novidade, não é?

A novidade está no fato de que você precisa dar mais atenção às pessoas que consomem na sua loja. Isso significa que você deve estudar o seu público-alvo: conhecer, entender e analisar o seu comportamento de compra, suas preferências, necessidades e outros fatores de influência.

Assim, você poderá trabalhar especificamente com as expectativas dos seus consumidores, satisfazendo e suprindo suas necessidades.​ Porém, isso só o auxiliará a reter aqueles consumidores que comprarem com você. Para atrair novos clientes:

  • aumente a sua rede de contatos participando de eventos, workshops e feiras da área;
  • reforce a sua participação e presença na internet por meio das redes sociais e de um site da empresa;
  • aposte na divulgação da empresa, fortaleça sua marca, os produtos e o atendimento da sua loja investindo em marketing digital, propaganda, anúncio, parcerias e indicações;
  • observe possíveis pontos frágeis do seu negócio e de que forma é possível minimizar os riscos existentes.

Apenas esteja atento para algumas consequências possíveis desse processo, como o aumento de demanda por um quadro maior de funcionários, investimentos em controle e aquisição de estoques, melhoria na qualidade dos produtos e atendimento.

2. Aumentar o gasto médio por cliente

Você deve ter percebido que aqueles clientes que já compram na sua loja há tempos nem sempre contribuem com um valor significativo para o seu faturamento. Por isso, é importante aumentar o valor médio gasto por cliente.

Em geral, conquistar um novo cliente custa muito mais caro do que a manutenção de um cliente atual. Então, se torna mais simples e, consequentemente, um melhor custo-benefício, fazer com que alguém que já compra com você gaste mais do que o habitual.

Esse processo representa a qualificação da sua carteira de clientes, ou seja, mesmo que o número de clientes reduza, você pode manter ou até aumentar faturamento da empresa.

Para aumentar o gasto médio por cliente, procure:

  • agregar novas funcionalidades aos produtos já ofertados;
  • investir no valor agregado dos produtos que a empresa oferece;
  • criar produtos complementares ou pacotes de produtos com funcionalidades comuns;
  • aumentar a diversidade de produtos ou marcas comercializados na loja;
  • estabelecer programas de fidelidade que estimulem a compra.

Uma dica importante para descobrir quais produtos incluir nas prateleiras é observar as novas oportunidades de negócio com base nas necessidades dos seus consumidores, nas ofertas dos seus concorrentes e nas tendências de mercado.

3. Aumentar a frequência de compra

Seguindo o mesmo raciocínio do item anterior, além de aumentar o valor gasto por cliente, é importante estimular a sua frequência de compra. A frequência de compra potencializa a rotação do seu caixa, aumentando seu poder de investimento.

Algumas técnicas poderosas para isso são:

  • manter um bom relacionamento com os consumidores, fornecendo informações e dicas sobre os seus produtos;
  • proporcionar vantagens aos clientes antigos, seja por programas de fidelidade ou um pós-venda bem-estruturado;
  • um marketing eficiente, direcionado e com estratégias atualizadas para conseguir ampliar suas vendas;
  • pensar em estratégias de captação de novas vendas, como lançamento de novos produtos, promoções, entre outros;
  • criar uma lista de contatos dos clientes, para se fazer presente sempre que houver alguma novidade importante.

Aumentar a frequência com que os seus consumidores compram na sua loja depende do lançamento das ofertas certas para os clientes certos, agindo sobre segmentos específicos de clientela. O lançamento de e-mail marketing é uma ferramenta poderosa nesse caso.

Lembre-se que não adianta, por exemplo, investir em ofertas se essa estratégia não for bem-elaborada para minimizar possíveis prejuízos. Não adianta, por exemplo, aumentar o faturamento total, mas colocar em risco o lucro total ou parcial no final da conta. Nada bom, não é mesmo?

4. Invista em treinamentos

Equipes preparadas conseguem realizar processos de vendas mais eficientes e, assim, elevar as vendas do seu negócio. Isso vale tanto para as lojas físicas quanto para ações online — ou seja, ter um bom trabalho de atendimento ao cliente também é fundamental. Afinal, uma pessoa que não é bem-atendida em um momento de dúvida ou insatisfação provavelmente não retornará se ele não for bem-atendido.

Por isso, em primeiro lugar, é fundamental ter um treinamento eficaz para prestar um bom atendimento. Isso envolve ter uma escuta ativa e saber como identificar as dores do potencial cliente e saber indicar de que forma o negócio consegue contribuir para amenizar essa questão.

Também é importante, para isso, treiná-los para atos empáticos, geração de gatilhos na pessoa, persuasão de vendas, entre outras questões importantes que auxiliem na conversão ou fidelização da pessoa.

Isso minimiza possíveis erros, também, que possam comprometer a imagem da empresa. Por exemplo, em uma proliferação das divulgações de situações em grupos e redes sociais, torna-se fundamental proteger o seu negócio de ser exposto de forma negativa.

5. Varie o preço dos produtos

Será que a precificação dos seus produtos está, de fato, sendo feita de forma correta? Esse talvez seja o ponto que pode estar impedindo o seu negócio de conseguir potencializar as vendas e, consequentemente, a aumentar o faturamento.

As variações nos preços do produto (como reduções recorrentes e o uso da estratégia de preço psicológico) podem ser uma forma interessante para você conseguir atrair a atenção do seu público. Afinal, eles tendem a ter uma maior atenção para oportunidades que sejam interessantes para eles, ou seja, conseguir adquirir um produto desejado com menor custo.

Daí é importante analisar: compensa aumentar o ticket médio diminuindo o valor por unidade do seu produto ou essa redução do faturamento por unidade adquirida? Crie a estratégia de acordo com as tendências e necessidades do seu negócio para ter melhores resultados ao longo do tempo.

Para isso, é fundamental que você analise corretamente quais são os custos de produção dos itens em seu negócio e avalie quais são as margens possíveis de lucro a serem aplicadas, estabelecendo um valor-limite que pode ser utilizado, por exemplo, em uma eventual promoção ou queima de estoque, para que não tenha prejuízo ao longo do tempo.

6. Invista em tecnologia

As tecnologias têm um papel fundamental para que seja possível encontrar formas de reduzir gargalos e, consequentemente, custos internos em sua empresa. Com isso, é possível realizar processos de vendas que sejam mais eficientes no dia a dia e, assim, potencialize o faturamento do seu negócio.

Por exemplo, uma tecnologia de CRM permite analisar quando uma pessoa está mais suscetível para tornar-se um lead qualificado e, assim, ser abordado pela equipe de vendas para tornar mais eficiente o número de conversões no seu dia a dia.

Além disso, é possível conseguir tornar os processos mais eficientes, de forma a minimizar os custos de produção e, assim, ter um maior lucro na venda de cada item. Consequentemente, com isso, seu faturamento final será maior.

7. Conheça o seu cliente

Muitas das dicas que listamos acima não adiantarão se você não conhecer bem o seu cliente. Afinal, uma parte fundamental do aumento de faturamento é, justamente, elevar o ticket médio dele, bem como trazer novas pessoas para o seu negócio. Contudo, para que isso seja possível, você deve estar atento para o perfil do seu cliente.

Com isso, é possível direcionar os produtos que mais se adéquam ao perfil dele, permitindo que realize um maior volume de vendas para aquela pessoa. Além disso, ao ter maior conhecimento, você conseguirá realizar uma abordagem mais consciente do seu público, para que possa conquistá-lo de forma mais eficiente.

Lembre-se que essas estratégias são importantes para que você possa não só aumentar o seu faturamento, ou seja, permitir melhorias quantitativas, mas também gerar melhoras qualitativas, ou seja, permitir uma imagem melhor perante o seu público, seja aquele que pretende ser conquistado, seja o cativo.

8. Estabeleça um programa de fidelidade

Os programas de fidelidade são uma forma interessante de incentivar o seu público para aumentar o volume de compras nas atividades em seu negócio. Assim, você oferece benefícios para que eles continuem realizando aquisições ao longo do tempo. É uma espécie de benefício concedido para aqueles que estão sendo fidelizados em seu negócio.

Uma opção, por exemplo, é oferecer um vale-compras ou um produto específico após determinado número de compras (ou uma quantia específica). Assim, eles poderão ficar de olho nessa vantagem e, se tem por hábito comprar constantemente em sua loja, serão incentivados para aumentarem o seu ticket médio ou, então, retornarem continuamente ao seu negócio.

Assim, diversos setores abraçam esse tipo de ação como uma estratégia interessante. Contudo, isso deve estar alinhado com o perfil de compra do seu público. Por exemplo, se você vende produtos que não levam a seu público a retornar, talvez o programa de fidelidade pode não ser a melhor estratégia para trazer essa pessoa para seu negócio.

Além das dicas abordadas, existem algumas outras atitudes de apoio capazes de potencializar ainda mais seus resultados na busca por aumentar faturamento da empresa, como:

  • reduzir custos desnecessários ou dispensáveis, principalmente aqueles provocados por desperdícios. Assim, analisar a sua cadeia produtiva pode ser fundamental para melhores resultados;
  • terceirizar serviços que são muito onerosos para serem executados dentro da empresa;
  • reestruturar os processos internos a fim de agilizar as atividades;​
  • investir em tecnologia para aumentar a eficácia dos processos;
  • acompanhar o comportamento de mercado;
  • precificar de forma estratégica e justa;
  •  organizar de forma prática a distribuição das prateleiras da loja e do estoque.

A importância da tecnologia para além do faturamento

Nós falamos acima sobre como a tecnologia tem um papel importante para o aumento do faturamento. Com isso, é possível ter maiores resultados em seu negócio. Um software ERP, por exemplo, tal como o da MicroUniverso, pode trazer uma série de benefícios, tais como:

  • maior produtividade no seu dia a dia;
  • maior conhecimento sobre seus clientes;
  • ter informações precisas, de fácil compreensão e importantes diretamente no seu dashboard, em tempo real, como o fluxo de caixa;
  • facilidade para coletar, analisar e utilizar os dados no seu dia a dia;
  • melhor gestão de vendas;
  • melhor controle de informações;
  • permite uma gestão de compras eficiente;
  • garante o controle dos livros fiscais;
  • permite gerar relatórios que poderão ser úteis para análises inteligentes.

Por isso, é fundamental escolher a solução que mais se adéqua para a realidade da sua empresa e que traga os benefícios esperados para a empresa. Isso é fundamental para ter um melhor controle interno e permitir, entre todos os benefícios esperados, um aumento do faturamento da sua empresa, de forma sustentável.

Apesar de serem dicas simples, essas atitudes contribuem para a clareza e objetividade das tarefas. Com isso, a empresa mantém o foco na atividade do negócio, podendo aplicar toda a sua energia na obtenção de resultados.

Se você gostou deste conteúdo sobre aumentar faturamento da empresa, compartilhe nas suas redes sociais!

No Comments

Post A Comment