Menu do Site


Copyright
MicroUniverso 2020

6 dicas práticas para gestão de estoque em loja de material de construção
2334
post-template-default,single,single-post,postid-2334,single-format-standard,bridge-core-2.2.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-21.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive
 

6 dicas práticas para a gestão de estoque da sua loja de material de construção

6 dicas práticas para a gestão de estoque da sua loja de material de construção

A gestão de estoque de uma loja de materiais de construção é um verdadeiro desafio para os gestores. Esses empreendimentos trabalham com uma quantidade enorme de produtos que entram e saem das prateleiras com muita rapidez. Por esse motivo, é importante aplicar técnicas modernas e eficientes para fazer o gerenciamento dos itens.

Sem um sistema de gestão atualizado, fica difícil eliminar os erros e evitar prejuízos que acontecem com frequência. Aliás, uma ferramenta adequada permite a realização de diversos controles para melhorar a organização e aumentar a confiabilidade no gerenciamento de estoque. Neste conteúdo, vamos fornecer várias dicas práticas que o ajudarão a gerenciar esse departamento!

Precisa entender qual é a importância da gestão de estoque na loja de material de construção? Continue a leitura e descubra o que você deverá fazer!

Entenda a importância da gestão de estoque na loja

A correta gestão de estoque na loja de material de construção é muito importante para garantir que o lojista tenha uma quantidade ideal de itens à sua disposição. Os produtos precisam estar disponíveis para entrega imediata caso cheguem os clientes e decidam comprá-los. Caso contrário, eles poderão procurar a concorrência e não voltar mais ao estabelecimento.

O gerenciamento do estoque é uma prática que possibilita o atendimento das demandas do mercado. Se ele for feito da maneira certa, a satisfação dos consumidores aumentará e os lucros do empreendimento serão otimizados. A gestão eficiente engloba a compra dos produtos, o seu armazenamento e a venda para o cliente final.

Confira 6 dicas práticas para uma boa gestão de estoque

A gestão dos produtos em estoque é essencial para o crescimento dos lucros no varejo. Ela envolve várias técnicas para o aprimoramento e a organização dos materiais e facilita o cotidiano dos varejistas.

A seguir, veja algumas práticas que são fundamentais para um bom gerenciamento desse departamento da sua loja de material de construção!

1. Conhecer as técnicas de controle

Para fazer uma gestão eficiente e evitar a ruptura de estoque é preciso conhecer os tipos de técnicas normalmente aplicadas para controlar os itens. O controle permanente é feito instantaneamente assim que uma mercadoria é vendida. Ele acontece de forma segura e rápida, embora a quantidade de operações diárias seja elevada para evitar falhas e dificuldades mais sérias.

Já o controle periódico é conhecido como inventário e requer a conferência dos itens periodicamente, para a averiguação de inconsistências provenientes do controle permanente, com o objetivo de saná-las. Por sua vez, o mínimo consiste em separar uma parte dos produtos e criar uma reserva que ficará guardada para o atendimento dos consumidores em casos de emergência.

2. Observar o desempenho dos produtos

Outra estratégia relevante para a gestão de estoques é organizar os itens de modo que eles fiquem dispostos no local de maneira visível. Diante disso, será mais fácil observar quais produtos têm maior saída e aqueles que permanecem em exposição por tempo maior. Essa é uma forma de o gestor observar e registrar o desempenho das mercadorias.

Você poderá usar caixas organizadoras e prateleiras para fazer a tarefa. Procure não comprar demais, pois isso poderá resultar no armazenamento em local inapropriado e comprometer a qualidade dos materiais. Além do mais, a colocação de itens em escadas e corredores interfere na sua durabilidade, na produtividade dos colaboradores e aumenta os riscos de acidentes de trabalho.

3. Organizar de acordo com a demanda

A organização dos materiais de construção em estoque deverá ser feita conforme as demandas do mercado. Isso facilitará a atividade dos colaboradores que desempenham suas tarefas nos depósitos, já que encontrarão os itens com agilidade e manterão a ordem. Disponibilize um tempo para organizar os produtos de modo que qualquer pessoa consiga localizar o que procura.

Se for preciso, faça um mutirão fora dos horários de expediente, para não interferir nas rotinas diárias. Inicie organizando cada prateleira conforme o tipo do produto, tamanho, marca, cor ou outras características próprias. Coloque as mercadorias mais antigas na frente e as mais novas na parte de trás, para que eles não fiquem esquecidos.

4. Contar com uma boa equipe

Contrate colaboradores capacitados e capacite àqueles que precisarem de treinamento. Ter uma boa equipe é indispensável para controlar o estoque com eficiência. Alguns profissionais deverão lançar os dados no sistema de gestão ou em uma tabela no computador. O uso de fichas não é mais indicado, porque facilita o cometimento de falhas humanas na contagem dos itens.

Os colaboradores são necessários para fazer os inventários, confrontar os dados dos relatórios e conferir se as informações registradas são coerentes. Por outro lado, eles também fazem a checagem dos cadastros periodicamente para identificar inconsistências ou falhas. Deixar de ter pessoas treinadas para fazer essas atividades pode causar problemas futuros.

5. Otimizar a gestão de compras

Otimize o gerenciamento das compras usando um ERP de qualidade, que também melhorará significativamente o seu controle de estoque. Essa solução é muito usada em todos os segmentos do mercado, inclusive nas lojas de materiais de construção. O sistema de gestão empresarial é uma opção segura e muito fácil de usar em todos os setores.

Trata-se de uma ferramenta que automatiza processos e tem diversas funcionalidades para agilizar o trabalho nos depósitos. A tecnologia auxilia no momento de fazer as vendas, indicando se o produto está disponível e emitindo a nota fiscal. Em seguida, o próprio sistema dá a baixa no estoque de forma automática, para que os dados permaneçam sempre atualizados.

6. Investir em tecnologia

Um ERP produzirá diversos benefícios para a loja, tendo em vista que vai além do gerenciamento dos estoques. Ele integrará todos os departamentos do negócio e centralizará as informações em um banco de dados único, para aumentar a segurança das operações. Tarefas simples e diversos processos poderão ser automatizados, para que os colaboradores desempenhem funções mais estratégicas.

Portanto, investir em tecnologia aumenta a satisfação e a produtividade dos times. A solução também melhora o relacionamento com fornecedores e clientes, que poderão receber descontos especiais ou prêmios pela fidelidade à sua loja. A tecnologia revela a frequência das compras com exatidão, para que o gestor crie estratégias de fidelização.

Comece a aplicar, agora mesmo, essas 6 dicas práticas para a gestão de estoque da sua loja de material de construção. Saiba que é preciso contar com a tecnologia para fazer uma boa gestão de estoque, pois a implantação de um ERP facilita o dia a dia e otimiza o tempo de colaboradores e gestores do negócio. Portanto, invista em uma solução que tenha credibilidade no mercado.

Quer acessar mais dicas interessantes para a sua loja? Então, siga-nos no LinkedIn, no YouTube e no Facebook!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.