Menu do Site
Copyright MicroUniverso 2017
Como a gestão financeira pode contribuir para o sucesso do seu negócio.
1242
post-template-default,single,single-post,postid-1242,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Como a gestão financeira pode contribuir para o sucesso do seu negócio.

Como a gestão financeira pode contribuir para o sucesso do seu negócio.

A gestão financeira, apesar de ser muito difundida e divulgada no meio empresarial, ainda é um conceito que poucos empresários colocam em prática. Afinal, os resultados tangíveis desse tipo de ferramenta costumam demorar certo tempo para começar a aparecer.

Isso faz com que esse assunto acabe sendo deixado de lado em função de todas as dificuldades enfrentadas diariamente por gestores e administradores. Pensando nisso, resolvemos escrever este breve e explicativo artigo. Nele, mostraremos o que é, de fato, a gestão financeira e como ela impacta diretamente nos resultados de um negócio. Acompanhe!

Afinal, o que é gestão financeira?

Quando se pensa em gestão financeira, o que vem à mente da maioria das pessoas é uma série de controles, tabelas, registros, entre outros, ou ainda, simplesmente, cuidar para não gastar mais do que entra na empresa. Entretanto esse conceito é muito mais abrangente.

A gestão financeira é uma ferramenta que reúne um conjunto de ações e procedimentos executados no âmbito empresarial, e que envolve o planejamento, análise e controle das atividades relacionadas à entrada e à saída de dinheiro da empresa.

O objetivo principal dessa ferramenta é melhorar a forma como esses recursos são utilizados, possibilitando que sejam economizados, quando possível, protegendo as finanças da sua empresa, possibilitando que você tenha mais tranquilidade na gestão e administração dos negócios.

Além disso, a gestão financeira possibilita uma visão mais ampla do seu negócio, os pontos de acertos, bem como aqueles que precisam ser ajustados.

Como a gestão financeira impacta a empresa

Agora que você entendeu o que é a gestão financeira, mostraremos os pontos nos quais ela mais causa impactos em sua empresa. Continue lendo!

Controle de dados e informações

Quando a empresa tem uma gestão financeira bem estruturada, ela terá acesso às informações e dados com mais rapidez e precisão, contribuindo para as tomadas de decisões rápidas e assertivas.

Redução de custos

A gestão financeira impactará, principalmente, na redução dos custos do seu negócio. Isso ocorrerá por um motivo simples: você terá mais informações sobre despesas e custos desnecessários que podem ser cortados ou suprimidos.

Ela ainda proporcionará informações sobre gastos que podem ser eliminados sem atrapalhar o serviço prestado, vendas ou produção do seu negócio. Sabemos que alguns gastos são necessários e cortá-los pode significar reduzir a capacidade da sua empresa de operar.

Agilidade operacional

A empresa que possui uma gestão financeira eficiente também terá mais agilidade na hora de tomar alguma decisão importante que impacte diretamente na parte operacional do negócio. Como as informações são expostas de forma mais simples, será mais fácil saber os pontos que precisam ser atacados para que determinados objetivos sejam atingidos.

Como aplicar a gestão financeira em sua empresa

Entendido o conceito e como a gestão financeira impacta sua empresa, mostraremos como ela pode ser desenvolvida em seu negócio, proporcionando todos os benefícios que mencionamos.

Realização do planejamento estratégico

O primeiro passo para a implantação da gestão financeira de um negócio é a realização do planejamento estratégico. Essa ferramenta deve estar alinhada com todos os outros objetivos da empresa. Portanto, é crucial que toda a gestão esteja atuando em conjunto e de forma integrada.

O planejamento estratégico, alinhado com a gestão financeira, será o coração do processo. Quando essa etapa é deixada de lado, todo o resto pode não funcionar e, consequentemente, não retornar com os resultados esperados.

Definição de objetivos

Em segundo lugar, é preciso definir objetivos específicos. Quando uma empresa opera sem metas, ela pode ser direcionada para um lado que, provavelmente, pode não ser o que você escolheu quando decidiu constituir o seu negócio.

O grande problema dessa etapa é que a maioria das pessoas não sabe como fazer isso. Um objetivo precisa ter alguns elementos para ser efetivo e, realmente, proporcionar os resultados esperados.

Inicialmente, é preciso que ele seja coerente, possível de ser alcançado. Não adianta traçar um objetivo absurdamente alto. Isso só fará com que você e sua equipe desanimem e fiquem desmotivados quando verificarem que a meta não pode ser alcançada.

Além disso, é importante que os seus funcionários também vislumbrem essa possibilidade, tendo em vista que trabalharão diretamente para atingir as metas que os levarão ao objetivo almejado.

O outro ponto importante é a definição de um prazo. Dizer que chegará ao objetivo x algum dia, simplesmente não funcionará. A mente humana funciona com prazos, portanto, estabeleça um para que o objetivo seja alcançado.

Assim, a sua mente e a de seus colaboradores trabalharão com aquela data fixa e farão o possível para chegar ao ponto desejado no prazo estabelecido. Caso isso não ocorra, não fique desmotivado. Será uma excelente oportunidade para verificar o que foi feito de errado e realizar os ajustes necessários para que não ocorra novamente.

Investimento em tecnologia

Por fim, mas não menos importante, temos a participação da tecnologia. Mesmo se você definiu os seus objetivos na forma que mencionamos acima, alinhando-os com os do planejamento estratégico de sua empresa e motivou os seus funcionários, todo o trabalho pode cair por terra se você não puder contar com o auxilio providencial da tecnologia.

Portanto, não tenha medo de investir em sistemas que promovam a integração de todos os setores da sua empresa com o financeiro. Isso proporcionará mais agilidade nas atividades do seu negócio, bem como mais transparência e facilidade de acesso das informações.

Basicamente, você deixará todo o trabalho duro nas mãos do seu software e terá mais tempo para analisar resultados, simular cenários, estudar possibilidades de melhorias e ajustar possíveis questões que não estejam alinhadas com os seus objetivos.

Além disso, como esse tipo de tecnologia elimina uma série de trabalhos manuais, você e seus colaboradores terão mais tempo disponível para estudarem sobre finanças e conhecerem mais sobre as novidades que ocorrerem em sua área de atuação.

A gestão financeira é uma ferramenta administrativa que proporcionará um nível de controle e gerenciamento imensurável, podendo contribuir para o crescimento, sucesso e, principalmente, sustentabilidade do seu negócio.

Gostou deste artigo? Então continuaremos aprendendo mais sobre este assunto. Leia nosso post sobre 3 dicas imprescindíveis para você aumentar o faturamento da sua empresa.