6 vantagens competitivas de um sistema para loja de material de construção
Menu do Site
Copyright MicroUniverso 2017
6 vantagens competitivas de um sistema para loja de material de construção
1669
post-template-default,single,single-post,postid-1669,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

6 vantagens competitivas de um sistema para loja de material de construção

6 vantagens competitivas de um sistema para loja de material de construção

A implantação de um sistema de gestão integrado em uma loja de material de construção traz muitos benefícios para o negócio, garantindo que seus processos de vendas, compras, estoque, financeiro, logística, entre outros, sejam mais eficientes.

Sob o ponto de vista do empresário, isso significa redução de custos operacionais e, para os clientes, agilidade e precisão em uma das etapas mais cruciais de seus projetos: a compra dos materiais para construção. Ela definirá o sucesso da programação elaborada, bem como os valores investidos para sua realização.

Não por acaso, a maioria dos negócios tem adotado a sua utilização e se beneficiado das demais vantagens que um ERP traz para lojas de material de construção. Neste post, listamos as principais delas. Continue a leitura!

1. Apoio à tomada de decisão

Um ERP integra diferentes setores de um negócio e, assim, garante que seus registros sejam transmitidos com mais agilidade e automação. Ao analisar o volume de vendas, o inventário do estoque e saúde financeira da sua empresa, por exemplo, um gestor pode criar campanhas promocionais de seus produtos sem prejudicar o fluxo de caixa da empresa ou dar mais créditos para clientes com restrições de pagamento.

Esse é um dos pontos fortes do ERP MicroUniverso. Com ele, os resultados são mensurados e apresentados em relatórios de performance completos e claros, dando apoio à tomada de decisão com a precisão de suas informações.

2. Otimização da gestão

Muitas empresas de varejo de material de construção ainda não usam um ERP compatível com o mercado ou demanda do seu negócio, e, por consequência, realizam boa parte de seus processos sem uma estrutura lógica confiável, enquanto outras se perdem em milhares de burocracias.

Planilhas para análise do desempenho de vendas com erros nas fórmulas mais básicas e orçamentos em papel que geram dúvidas ou se perdem durante os processos, por exemplo, tornam a gestão caótica, cheia de falhas e prejuízos que nem sempre podem ser reparados.

A desorganização e o uso de processos burocráticos atingem as atribuições do gestor, pois, em vez de avaliar sua performance para projetar expansões, bem como considerar novos mercados e canais de vendas, ele se vê obrigado a resolver problemas do cotidiano que podem comprometer seu negócio.

Mais uma vez, o ERP MicroUniverso traz grandes contribuições, otimizando a comunicação entre os setores e tornando os processos mais ágeis e eficazes.

3. Integração das informações

A integração das informações não é benéfica apenas para trazer relatórios gerenciais para o negócio e automatizar o preenchimento de registros comuns a dois ou mais setores. Ela também serve para promover experiências e processos de vendas mais eficientes e relevantes. É o caso da solução “Carrinho de Compras” da MicroUniverso.

Em vez de listar os itens que o cliente deseja cotar em um formulário de papel, o vendedor pode usar seu celular para escanear os códigos de barras dos produtos que farão parte da orçamento, bem como a quantidade relacionada.

Com seus preços catalogados e integrados ao carrinho de compras, o orçamento pode ser elaborado com muito mais agilidade e precisão.

4. Agilidade nas atividades

Citando a agilidade e, mais uma vez, a integração de registros, também podemos dizer que um sistema para loja de material de construção pode fechar negócios mais rapidamente ao permitir que seus vendedores consultem os estoques com mais facilidade.

Essa é mais uma contribuição do ERP para a gestão do negócio. Ou seja, o vendedor consegue avaliar quais itens estão disponíveis ou qual o tempo médio para uma solicitação que contemple a demanda do cliente.

5. Redução de custos operacionais

Existem várias situações onde o ERP MicroUniverso traz reduções de custos para o negócio, desde a economia de tempo dos vendedores, que podem atender mais clientes até a otimização das rotas logísticas de entrega de produtos.

  • otimização na gestão do inventário, trazendo informações como a disponibilidade dos itens e localização no estoque;
  • eliminação de falhas nos processos de atendimento ao cliente.
  • melhoria na concessão de crédito aos clientes com vendas regulares, avaliando suas últimas aquisições, valores que ainda estão parcelados e se existem cobranças em atrasos;
  • controle financeiro, com todos os tributos recolhidos devidamente, sem a necessidade do pagamento de multas ou juros.

Com o ERP MicroUniverso, é possível ter uma visão clara do giro das mercadorias e, a partir daí, otimizar as negociações do setor de compras. Tal mudança também traz mais eficiência na gestão do estoque, que consegue dimensionar quais itens têm mais procura e precisam de armazenagem maior ou menor.

Resumindo, as reduções de custos envolvem diversos setores e processos do negócio e, ao longo do tempo, trazem efeitos ainda maiores e melhores para as finanças do negócio.

6. Organização financeira e fiscal

O controle financeiro garante a redução de custos e mapeamento detalhado das despesas, o que, em um segundo momento, também permite que a loja promova ações para eliminar gastos desnecessários.

A gestão automatizada das finanças e tributos da loja de material de construção também traz benefícios para o negócio à medida que o ERP pode ser integrado com o sistema governamental para envio de Notas Fiscais e recolhimento de tributos, o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

É claro que deve ser observado o regime tributário utilizado pelo negócio, bem como outras obrigações e exigências que a loja pode estar submetida, mas, de forma geral, esse benefício garante agilidade no processamento, adequação legal e precisão no envio de informações.

Lojas de material de construção com filiais também se beneficiam com a integração de seus canais. O mesmo acontece com aquelas que, além dos pontos de vendas físicos, também oferecem seus produtos via e-commerce.

Suas vantagens e aplicações, portanto, são indiscutíveis. Mas, como escolher aquele ERP compatível com as demandas e planejamentos do seu negócio? Criamos um conteúdo bônus para responder essa pergunta.

Bônus: saiba como escolher o melhor sistema para loja de material de construção

O primeiro ponto, indiscutível, é que a escolha de um sistema especializado para lojas de material de construção é essencial, não é mesmo? Um ERP genérico não terá uma abordagem sobre dilemas e informações que o varejo de material para construção demanda.

Com isso em mente, o gestor pode criar uma lista de características que o fornecedor do sistema deve oferecer, e, então, criar uma ordem de prioridade para elas. Entre elas, podemos citar:

  • compatibilidade das funcionalidades que o ERP oferece de acordo com as demandas da loja;
  • especialização do ERP na área do varejo de materiais de construção;
  • capacidade do sistema em evoluir de acordo com as demandas dos clientes e empresa;
  • adoção do sistema por outras lojas e empresas referências do mercado;
  • oferta da desenvolvedora em fazer demonstrações do ERP;
  • disponibilização de visitas a clientes que já fazem uso da solução para ver, na prática, suas potencialidades e colher opiniões dos seus usuários;
  • desenvolver um processo de implantação gradativo e seguro .
  • negociação personalizada;
  • suporte oferecido pela empresa após a implantação.

Quer entender como o MicroUniverso funciona e pode ajudar seu negócio? Então entre em contato conosco!