Menu do Site
Copyright MicroUniverso 2017
5 sinais que indicam que é hora de investir em um ERP
1233
post-template-default,single,single-post,postid-1233,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

5 sinais que indicam que é hora de investir em um ERP

5 sinais que indicam que é hora de investir em um ERP

Atualmente, o mundo dos negócios está muito globalizado e integrado. Portanto, muitas empresas estão vislumbrando a necessidade de contratar um ERP, entretanto, por se tratar de um investimento, é necessário observar alguns sinais que a gestão do seu negócio dará.

Neste artigo vamos apresentar quais são esses sinais e o que você deve fazer diante de cada um deles. Acompanhe!

A importância de investir em ERP

Um ERP é uma plataforma que integra todos os departamentos de uma empresa. Por exemplo, ao chegar uma mercadoria no seu estabelecimento, o responsável recebe o arquivo XML ou lança a nota fiscal e vários setores são movimentados com uma única ação.

O estoque é alimentado, o setor de vendas tem que ficar a par, o financeiro recebe a informação da fatura, a contabilidade movimenta as questões fiscais e assim por diante. Esse processo reduz drasticamente o tempo das operações em uma empresa.

Isso ocorre porque os dados e informações são lançados uma única vez no sistema, dispensando a necessidade de realimentação. Além disso, os ERPs fornecem relatórios analíticos sobre diversos cenários dentro da organização. Sempre considerando os dados inseridos por todos os departamentos da empresa.

Portanto, podemos afirmar que esse tipo de sistema é uma ferramenta que proporciona mais agilidade e, principalmente, alternativas para que a gestão do negócio possa analisar diversos cenários e tomar decisões importantes.

Os 5 sinais de que você precisa investir em ERP

Agora que você entendeu o que é, bem como qual a importância do software, vamos mostrar os 5 sinais que mencionamos no início deste artigo. Continue a leitura para conferir!

1. Informações insuficientes

Um dos primeiros sinais para saber se você precisará investir em ERP para o seu empreendimento é a falta de informações. Esse ponto é crítico e costuma ser um dos principais gargalos nas empresas.

Quando notar que os dados fornecidos pelos setores do seu negócio não são suficientes, nem mesmo, para tomar decisões básicas como, comprar mercadorias, esse será o momento exato para fazer o investimento.

2. Dificuldades no planejamento

Outro sinal é a dificuldade no planejamento. Esse ponto é um reflexo do anterior. Quando você não tem informações suficientes, o planejamento é severamente prejudicado, deixando sua empresa a mercê da sorte ou dos infortunios do mercado.

Um ERP resolve esses dois pontos com facilidade, pois, ele integra as informações e fornece consultas e  relatórios para que essas decisões sobre o futuro do negócio sejam tomadas de forma clara, objetiva e eficiente.

3. Problemas com controle de estoque

O estoque é outro departamento problemático em empresas que não têm um ERP. Ele dará os sinais de que precisa desse investimento quando você notar que os produtos que estão nas prateleiras/gondôlas não são compatíveis com o inventário feito.

É muito comum encontrarmos empresas que têm uma quantidade X de produtos informados no sistema e um montante Y armazenado. Isso prejudica muito a gestão da empresa, pode fazer com que ela fique sem produtos para realizar suas vendas e compromete a saúde financeira do negócio.

O ERP proporciona a gestão do estoque de forma muito detalhada e fácil de ser alimentada. Dessa forma, à medida que os produtos vão entrando ou saindo do seu estabelecimento, esse controle é realizado de forma automática, reduzindo os erros na alimentação de dados e tornando o seu estoque mais organizado e preciso.

Sendo assim, quando você precisar de informações sobre o quantitativo do seu estoque, basta entrar no sistema, acessar o módulo de Estoque e verificar as quantidades de cada um dos produtos. Isso também ajuda muito na fiscalização do trabalho dos seus colaboradores, tendo em vista que, você terá acesso ao seu estoque em tempo real e a qualquer momento.

4. Necessidade de otimizar e padronizar processos

Outro sinal muito claro de que sua empresa precisa investir em ERP é a necessidade de padronização e otimização dos processos administrativos. Uma das principais causas da má administração é a falta desses dois elementos.

Em muitas empresas, os funcionários dos departamentos não se comunicam em suas operações e tomam decisões isoladas que podem comprometer o trabalho de outros setores.

Nesses casos, é fundamental que exista uma padronização e comunicação eficientes entre todos os departamentos, e a melhor forma de se fazer isso é com a implantação de um ERP de primeira linha.

Ele fará a interligação de todos os setores da empresa, obrigando-os a se comunicarem entre si. Dessa forma, cada um realizará o seu trabalho isoladamente, mas, no fim das contas, todos estarão unidos em um único propósito: otimizar os processos do seu empreendimento. A empresa toda passa a falar a mesma língua através de informações ágeis e precisas que são compartilhadas.

Como resultado, você perceberá que as informações estarão mais claras, os relatórios mais completos e fáceis de interpretar, facilitando a tomada de decisões e, ainda, os trabalhos serão executados de forma mais rápida e objetiva.

A implantação de um ERP na prática

A implantação de software requer alguns cuidados. Inicialmente, você precisa selecionar um sistema que atenda à necessidade da sua empresa. Afinal, não adianta escolher o mais barato, sendo que ele não supre os seus anseios.

Em segundo lugar, é necessário entender que os seus colaboradores precisarão de certo tempo para se adaptar ao sistema. Para isso, será necessário investir tempo e dinheiro em treinamentos para que eles, não só aprendam a manuseá-lo, mas como também se acostumem com a nova rotina de trabalho.

Por fim, é necessário contratar um sistema focado no seu negócio e que a empresa escolhida tenha profissionais especializados para ajudá-lo no processo. Você precisará do apoio desses profissionais, afinal, por mais que o sistema proporcione benefícios, será necessário um período de treinamento para colher todas as vantagens que o ERP pode oferecer.

Sendo assim, podemos concluir que, investir em ERP torna-se uma tarefa mais simples quando você entende os sinais que a sua empresa fornece e, principalmente, obedece aos passos necessários para a sua implantação, sem pressa e respeitando o tempo de cada um dos colaboradores envolvidos.

Gostou do artigo de hoje? Gostaria de receber mais conteúdos como este que acabou de ler? Então, assine nossa newsletter. Dessa forma, você não perderá nenhuma de nossas novas postagens.