Menu do Site
Copyright MicroUniverso 2017
Veja como melhorar a gestão de estoque em lojas de materiais de construção
1441
post-template-default,single,single-post,postid-1441,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Veja como melhorar a gestão de estoque em lojas de materiais de construção

Veja como melhorar a gestão de estoque em lojas de materiais de construção

No comércio varejista, a gestão de estoque é um dos processos de maior peso, principalmente nas lojas de material de construção, nas quais o número de itens é muito grande. Nesse sentido, é pertinente ressaltar que parte dessas mercadorias são produtos caros e sujeitos a diversos tipos de avaria.

Além disso, quem constrói ou reforma, escolhe a dedo as mercadorias que deseja. Assim, quando falta algum produto ou ele não chega como deveria, isso compromete a imagem do estabelecimento, dificultando os meios de atrair clientes para a loja. E a melhor maneira de ter controle sobre todo o processo é inserindo tecnologias.

Ficou interessado em melhorar a gestão de estoque e em como atrair clientes para loja de material de construção? Acompanhe, neste artigo, algumas dicas imperdíveis para controlar seus depósitos, com destaque para o uso da tecnologia como forma de captar mais clientes para o seu negócio.

Como funciona a gestão de estoque?

Em primeiro plano, a gestão de estoque consiste na realização de um controle rígido dos itens ofertados no estabelecimento. Ela é responsável por contabilizar o que é vendido e proporcionar informações para a compra de mais produtos.

Uma má gestão de estoque pode impactar diretamente a experiência do cliente, bem como gerar prejuízos reais em termos de valor. Por esse motivo, é vital realizar as compras de maneira estratégica, armazenar as mercadorias e geri-las do jeito certo, com o auxílio da tecnologia.

Separamos, a seguir, algumas dicas para uma gestão de estoques eficiente para a sua loja de material de construção. Veja!

Estude o perfil de seu público constantemente

O primeiro passo para conquistar a excelência na coordenação dos armazéns é conhecer a fundo os seus clientes e os produtos que eles mais consomem. Isso até pode parecer óbvio para um comerciante experiente como você, mas, na verdade, não é tão simples.

Acontece que o perfil dos consumidores muda muito rápido. E não basta saber quem são seus melhores clientes, sua rede de lojas precisa manter políticas constantes para atrair novos públicos. Eles devem ser monitorados, pois suas vidas também estão sujeitas a alterações.

O negócio precisa estar alinhado a esses detalhes para não perder a clientela e evitar compras com base em perfis de consumo desatualizados. Por isso, é necessário acompanhar as modificações que ocorrem em seu público ao longo dos anos.

Ao efetuar compras com informações desatualizadas, os itens podem não ter saída suficiente e acabar se deteriorando nas prateleiras, assim não ajudam a cumprir as metas de venda, ocupam o espaço das mercadorias mais consumidas, entre outros problemas.

É por essa razão que você deve dar a devida importância para os processos de controle do armazenamento, já que influencia diretamente o desempenho comercial. Afinal de contas, com a gestão do estoque estruturada mais o acompanhamento dos consumidores, é muito mais fácil negociar produtos de maior relevância aos clientes e atingir o propósito do aumento nas vendas.

Avalie a performance dos produtos diariamente

Uma boa gestão de estoque ajuda na administração do empreendimento em diversos sentidos. Com um bom controle das saídas, por exemplo, você fica sabendo quais são as mercadorias mais atrativas e os vendedores mais eficientes. Do mesmo jeito, consegue enxergar os itens com muita rejeição, bem como os profissionais que não rendem como esperado.

Além disso, uma boa supervisão sobre esses dados permitirá estabelecer prioridades no processo de compras: a empresa consegue adquirir, em maior volume, as mercadorias que oferecem margens de lucro mais vantajosas.

E os benefícios não param por aí: uma coordenação adequada dos depósitos impede atrasos nas entregas, pois possibilita conhecer exatamente os materiais presentes na loja, os produtos em falta ou com remessa fora do prazo.

Para que isso dê realmente certo, fiscalize diariamente tudo o que acontece e saiba usar tais informações a favor de um bom desempenho. Além das vendas, fique de olho nos extravios, nos produtos roubados e em objetos danificados. Também calcule as taxas de prejuízo por causa de artigos que sofrem danos durante o transporte ou na própria estocagem.

Estabeleça boas parcerias com seus fornecedores

Como já mencionamos, as compras não podem acontecer de forma aleatória. Pelo contrário, esse processo precisa passar por planejamento estratégico. Isso significa adquirir o que tem mais saída e, de preferência, lucratividade mais alta. Para isso, é necessário contar com parcerias vantajosas.

Em muitos casos, aquele desconto especial dado por um fornecedor antigo pode fazer toda a diferença no seu preço final, o que vai ajudá-lo a enfrentar a concorrência, que está cada dia mais acirrada. Em um quadro de extrema competitividade, é fundamental oferecer benefícios para a clientela. Nesse sentido, boas parcerias que o abasteçam são extremamente importantes.

Dessa forma, pense muito bem antes de substituir um bom fornecedor, principalmente se o motivo da troca for o preço. Além do valor, leve em consideração o cumprimento de prazos de entrega, a qualidade dos artigos apresentados, as condições de pagamento proporcionadas e a exclusividade sobre alguns dos itens.

Uma boa relação com esses parceiros vai contribuir para um melhor controle do tamanho e do teor do estoque. Será mais fácil manter os depósitos em completa sintonia à demanda atual, o que é indispensável para o seu sucesso.

Até porque não basta saber o que seus clientes desejam para atraí-los, é necessário encontrar esses produtos e garantir que eles tenham qualidade e preço suficientemente interessantes.

Fique atento à quantidade de mercadoria

Um dos grandes desafios dos varejistas de material para construção é manter uma oferta de produtos adequada para pronta entrega, sem ter custos elevados com armazenamento. O ideal é que o estoque tenha o mínimo necessário para atender à demanda conforme o perfil de vendas da loja.

Assim, ter uma frequência alta de encomendas dos fornecedores em lotes menores ajuda a preservar um giro de estoque maior. Isso permite atender os pedidos de pronta entrega sem gerar um excesso de estoque.

E, com toda certeza, a última coisa que você quer é ter prejuízos com excesso de estoque parado, pois isso pode encarecer os produtos e afastar os clientes, ao invés de atraí-los.

Use a tecnologia a seu favor

Com a tecnologia em franca ascensão, é fundamental o investimento em sistemas de gestão para conseguir um melhor suporte à administração. No varejo de material para construção não é diferente.

São tantas as informações que envolvem um negócio, que fica complicado não perder nenhum dado sem o respaldo de softwares específicos. Em termos gerais, tratam-se de plataformas que podem acabar com velhos problemas.

É muito comum o vendedor deixar o cliente esperando demasiadamente, enquanto procura uma mercadoria em um depósito desorganizado. Com uma interface virtual, em poucos segundos, esse levantamento é realizado com êxito, de forma automática, economizando o tempo do consumidor.

Entre os principais benefícios dessas ferramentas, podemos destacar:

  • mais agilidade no atendimento ao cliente;
  • todos os dados estão sempre à mão, isto é, existe acesso otimizado às informações;
  • controle automático de rentabilidade e de descontos;
  • sistemas altamente focados na gestão de compras, evitando falta de mercadorias;
  • acompanhamento rigoroso dos prazos de entrega;
  • informações precisas sobre quantidade e giro de produtos.

Para os gestores que têm dúvidas sobre a capacidade de retorno desse investimento e sobre como implantá-lo, uma boa notícia: as melhores empresas desenvolvedoras desses sistemas fazem também uma avaliação minuciosa das necessidades dos clientes.

Desse modo, é possível aplicar os recursos com arquiteturas completas e a opção de ferramentas realmente úteis aos contratantes. Com isso, ao mesmo tempo em que amparam o controle de estoque, essas plataformas tecnológicas auxiliam a gestão como um todo.

Como atrair clientes para loja de material de construção?

Embora a gestão de estoque seja um dos fatores mais importantes para organizar o seu negócio e garantir o sucesso com as vendas, existem outras estratégias capazes de atrair um maior número de clientes para o seu negócio. Confira algumas delas a seguir!

Mantenha a sua loja organizada

A organização física de um comércio afeta de forma direta a percepção do cliente. Saber expor os seus produtos e arrumar a loja é muito importante, pois facilita para quem está procurando algo.

Além disso, ao organizar, você terá um ambiente mais confortável e prazeroso, podendo, assim, montar estratégias que valorizem os produtos que você deseja vender.

Quando se trata de materiais de construção, a loja requer um espaço considerável, organização e planejamento. Para isso, separe os produtos por setores, mantenha as prateleiras em ordem, deixe as mercadorias com maior procura sempre à vista, tenha uma iluminação adequada, sinalize bem os preços, invista em cores e em um bom design.

Todas essas ações, somadas a um bom atendimento, podem fazer muita diferença para o cliente. Assim, há uma grande probabilidade de ele voltar à loja, quando precisar, ou de indicá-la.

Realize promoções

Uma ótima forma de atrair clientes é oferecer descontos e promoções. E isso pode ser feito nas épocas em que as vendas derem uma caída, ou quando o estoque estiver com muitas mercadorias.

Além disso, à medida que os itens são comprados, torna-se difícil organizá-los e manter o seu controle eficaz no estoque. Por isso, as promoções também podem ser bastante úteis para quando o seu estoque estiver parado com o risco de ter danos. Portanto, invista nas estratégias de marketing e deixe sua vitrine bem-chamativa.

Acompanhe as tendências atuais do mercado

Com os clientes cada vez mais exigentes, as empresas precisam investir em estratégias inovadoras, que chamem a atenção do público, e se destacar em relação aos concorrentes. Para isso, nada melhor que estar atento às novidades, não é mesmo?

Para conhecer as tendências atuais do mercado varejista e atrair mais clientes, você pode contar com a ajuda do marketing. Uma boa divulgação aumenta as chances do sucesso da sua loja, além de atrair e fidelizar um número maior de consumidores.

Redes sociais, lojas virtuais, blogs e mecanismos de busca online são algumas das principais tendências do mercado atual. Embora o marketing offline, como os panfletos, ainda atraia um grande público, a internet possibilita divulgar conteúdos relevantes que aumentam a sua visibilidade.

Por meio dessas ferramentas, é possível conhecer a preferência dos clientes, estabelecer uma relação com eles e saber o que está em alta no mercado, aumentando, assim, as suas vendas e os rendimentos.

Por isso, use e abuse desses canais para reconhecer e atrair os seus clientes em potencial. É um ponto que vale a pena!

Qual o impacto das tecnologias na gestão de estoque?

Depois de conhecer os benefícios do uso da tecnologia para a gestão de estoque, a fim de atrair mais clientes para sua loja de material de construção, chegou a hora de saber um pouco mais sobre a principal ferramenta utilizada e o seu impacto no gerenciamento do estoque e do negócio.

O Sistema Integrado para Gestão Empresarial (ERP) é uma plataforma que interage com um conjunto integrado de aplicações, consolidando todas as operações do negócio, como logística, finanças, compras, vendas, entre outros.

Adotar esse sistema ajuda a simplificar não só a administração do estoque, como também o atendimento e a consolidação dos dados de venda. Além disso, automatiza processos, facilita as atividades e aumenta a produtividade do negócio.

Outro fator importante diz respeito à segurança e à economia. A tecnologia permite a integração das informações da loja, garantindo a consistência dos dados e evitando duplicidades, o que é muito valioso na hora de reportar informações contábeis ou fiscais.

O ERP ainda combate a perda de estoque e reduz os custos, pois possibilita ao gestor analisar as opções disponíveis de forma mais ágil e automatizar processos reduzindo a necessidade de contratações.

Como escolher um ERP?

De modo geral, um bom ERP deve apresentar funcionalidades que contribuam para otimização de estoque, emissão de notas fiscais, gestão de vendas e de compras, gerenciamento de logística, faturamento, integração das informações, entre outras funções.

Vale ressaltar a importância de o lojista contar com um sistema que seja focado no seu negócio e que apresente diversas aplicações que atendam as suas necessidades, atraindo mais clientes.

Nesse caso, podemos destacar o ERP MicroUniverso — um sistema integrado para gestão empresarial que atende a mais de 150 lojas de materiais de construção e home centers em todo o país.

Por meio dessa ferramenta, é possível obter diversas vantagens na otimização dos processos. Essa plataforma possibilita uma gestão eficiente, integrada e lucrativa para qualquer comércio do ramo. Além disso, oferece um excelente custo-benefício e segurança nas informações. 

Por fim, manter uma gestão de estoque altamente qualificada é essencial para turbinar o negócio. Com todas as operações sob controle, a empresa melhora sua posição no mercado, aumenta consideravelmente os seus lucros e otimiza tomadas de decisões baseadas em dados técnicos. E, com o auxílio da tecnologia, fica mais fácil garantir vantagem competitiva e gerenciar todo o processo com mais qualidade. 

Agora que você já sabe como atrair clientes para loja de material de construção, que tal conhecer as 5 maneiras de fidelizá-los no varejo? Leia agora mesmo o nosso artigo e saiba mais sobre o assunto. Vamos lá!