Menu do Site
Copyright MicroUniverso 2017
Controle de Estoque: o Desafio da Gestão no Varejo de Materiais de Construção
1353
post-template-default,single,single-post,postid-1353,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Controle de Estoque: o Desafio da Gestão no Varejo de Materiais de Construção

Controle de Estoque: o Desafio da Gestão no Varejo de Materiais de Construção

Manter o controle de estoque no varejo de material de construção não é uma tarefa simples de ser executada, por esse motivo, apesar da sua grande importância, muitos empresários desse ramo acabam negligenciando essa parte do seu negócio e, sem perceber, tendo muitos prejuízos na empresa sem saber exatamente qual é a origem.

Produtos que ficam sem o devido giro, além de poderem se deteriorar com o tempo, também significam prejuízo para a empresa, que teve que investir seus recursos para adquiri-los. Além disso, também devemos considerar os casos em que faltam materiais para serem entregue aos clientes, podendo gerar transtornos ainda maiores.

No artigo de hoje, mostraremos a importância do controle de estoque em empresas que atuam no comércio varejista de materiais de construção, os benefícios que esse processo pode proporcionar, bem como, as ações que você deve tomar para implantá-lo. Confira!

A importância do controle de estoque de material de construção

Ter um controle de estoque eficiente sempre foi um dos maiores desafios enfrentados por lojistas do Varejo de Materiais para Construção. Por isso, leia este artigo até o fim, pois reunimos alguns pontos importantes que auxiliarão os empreendedores a conquistar melhores resultados e evitar prejuízos que comprometam a saúde financeira do negócio.

Um dos problemas mais comuns ocorre quando alguns produtos ficam sem o devido giro, ou mesmo quando faltam produtos em estoque para atender à demanda de vendas. Isso gera transtornos como atrasos nas entregas e pode até mesmo comprometer todo o processo produtivo varejista.

Imagine, por exemplo, uma situação em que o cliente faz um pedido de um material em grandes quantidades para entrega urgente e, você, acreditando que possui tais produtos disponíveis em estoque fecha o pedido com ele. Ao verificar a quantidade do material, percebe que não tem nem a totalidade do que foi negociado.

Por mais que você tenha um bom relacionamento com fornecedores e consiga adquirir a quantidade necessária para entregar ao seu cliente, esse processo gerará atrasos e pode significar na quebra do acordo de compra e venda, além de colocar a sua empresa em uma situação de desconfiança perante esse cliente, o que pode significar nunca mais fazer negócios com ele.

Observando o setor, podemos notar nitidamente que as lojas de varejo de materiais para construção que possuem uma operação eficiente sempre contam com um ERP que domina cada etapa operacional desse processo para apoiar, principalmente, a área de vendas.

Assim, uma das ações mais importantes realizadas com o auxilio do ERP é a possibilidade de identificar a reposição de produtos estratégicos e até mesmo o momento mais adequado para uma promoção de queima de estoque. Além disso, o sistema para gestão auxilia no controle de estoque a fim de evitar o superdimensionamento de compras, impedindo que o capital investido fique parado nas prateleiras e gôndolas.

Dessa forma, você evita que a sua empresa sofra com a falta de produtos para serem comercializados, bem como, previne seus materiais disponíveis para venda de possíveis fatos alheios a sua vontade que podem causar algum tipo de deterioração em determinados produtos.

A Tecnologia da Informação é a maior aliada do lojista. Por isso, o ERP MicroUniverso conta com as funcionalidades abaixo que são essenciais na gestão do estoque, proporcionando o aumento de vendas e a redução de custos.

  • Tratamento adequado de devoluções, trocas, perdas e avarias;
  • Inventariar o estoque periodicamente com o auxílio do coletor de dados;
  • Conferência eletrônica nas entradas e saídas dos produtos;
  • Análise de demanda por grupos de produtos ou fornecedores;
  • Sugestões de compras automáticas em função do nível de estoque.

Os principais benefícios do controle de estoque de material de construção

Agora que você entendeu a importância do controle de estoque de material de construção, vamos mostrar alguns dos principais benefícios tangíveis que você poderá ter ao investir em tecnologia nessa área da sua empresa. Continue lendo!

Fidelização dos clientes

Muitas pessoas podem não perceber, mas a fidelização de clientes é um benefício que pode ser dimensionado em empresas que têm uma boa gestão.

Quando o controle de estoque é eficiente, sua empresa sempre terá produtos disponíveis para atender às demandas mais urgentes dos seus clientes. Sendo assim, eles sempre lembrarão da sua empresa antes de adquirir materiais de construção.

Clientes fieis são o maior patrimônio que uma empresa pode ter, afinal, melhor que ter pessoas comprando de você é manter esses mesmos clientes adquirindo produtos frequentemente do seu negócio.

Melhoria no fluxo de caixa

Concomitantemente ao benefício mencionado acima, a sua empresa terá um aumento de recursos entrando no caixa, uma vez que as vendas poderão ser maiores, caso o seu estoque esteja preparado para recebê-las.

Sendo assim, o seu fluxo de caixa será consideravelmente beneficiado, você poderá utilizar os recursos que entrarem para adquirir mais produtos que sejam necessários para atender a outras demandas dos seus clientes, com isso, melhorar as vendas e a lucratividade da empresa ao final do processo

Aumento do ticket médio por cliente

Como mencionamos, cliente satisfeito e fiel volta mais vezes ao seu estabelecimento, com isso, o ticket médio de cada um deles pode aumentar. Isso porque, as compras que eles realizam quando retornam a um estabelecimento costumam serem maiores que as anteriores.

Isso ocorre por um motivo simples que já mencionamos em outro tópico, a fidelização, que decorre da relação de confiança entre uma empresa e um cliente. Assim, ele saberá que tem a quem recorrer quando precisar de materiais de construção com certa urgência.

As principais ações para melhorar a gestão de estoque

Entendido o que é e quais são os principais benefícios do controle de estoque de material de construção, vamos mostrar quais são as principais ações que você precisa tomar para melhorar esse processo em seu negócio.

Estudar o perfil do público

Em tópicos anteriores deste artigo, mencionamos que, ao realizar um bom controle de estoque, a sua empresa poderá atender as demandas mais urgentes de determinados clientes com mais frequência.

Entretanto, para que isso ocorra, será necessário um detalhe que poderá fazer toda a diferença que é entender a fundo o perfil do seu público. Você não organizará o seu estoque baseado em conjecturas ou “achismos” sobre os seus potenciais clientes.

Isso pode por em risco a continuidade do seu negócio. Imagine, por exemplo, você adquirir uma quantidade grande de material, acreditando que alguns clientes precisarão dele com urgência em pouco tempo. Isso pode ser fatal e fará seu negócio perder muito dinheiro, caso os produtos não saiam do seu estoque.

Sendo assim, para atender as demandas dos seus clientes nas formas que mencionamos, é necessário conhecer bem o perfil deles. Assim, você poderá oferecer soluções certeiras e específicas que vão ao encontro das suas maiores necessidades.

Avaliar a performance de produtos

Além de conhecer bem o perfil do cliente, é necessário estudar a performance dos produtos. Isso ajudará você a conhecer aqueles que têm mais saídas e precisam de reposição frequente, bem como, os que podem demorar um pouco mais para serem vendidos.

Conhecendo bem as movimentações dos produtos, você pode criar estratégias para aquisição de cada um deles separadamente, de modo a otimizar o processo de compra, evitando os dois pesadelos da gestão de estoque que são, a manutenção de produtos por longos períodos de tempo ou a escassez daqueles que têm mais saída.

Estabelecer boas parcerias com fornecedores

Outro detalhe que é crucial para a gestão de estoque de materiais de construção é estabelecer parcerias com fornecedores, de preferência, aqueles que estão mais próximos do local onde seu estabelecimento está situado.

Isso é importante para que o seu estoque seja alimentado o mais rápido possível, quando necessário. Além disso, ter uma boa relação com essas empresas auxilia na melhora de preços e condições de pagamento diferenciadas.

Afinal, assim como você, seus fornecedores também são empresas que têm o objetivo de manter compradores fieis e que retornam ao estabelecimento com frequência.

Utilizar a tecnologia

Por fim, não podemos finalizar este artigo sem falar dela, a tecnologia. Há muitos anos, o controle de estoque era realizado em quadros ou fichas, porém, se você quer ter uma boa gestão dessa área da empresa, deve esquecer isso de uma vez por todas.

Não há como gerir um negócio, nem mesmo os pequenos, sem o apoio de um  Sistema de Gestão de primeira linha, como é o caso do ERP MicroUniverso. Além das tarefas que mencionamos no início deste post, o sistema proporcionará uma maior integração entre os setores de sua empresa e mais eficiência no controle do seu estoque.

Isso garantirá mais tempo livre para você e seus colaboradores dedicarem a estudar os melhores fornecedores, preços e prazos, além de poder investir mais tempo na gestão de outras áreas importantes da empresa.

Como você pode perceber, apesar de o controle de estoque de material de construção ser uma etapa que tem certo grau de complexidade para a empresa, tomando as atitudes corretas e utilizando as ferramentas adequadas, o seu negócio só tem a ganhar com ele.

Gostou deste artigo? Que tal continuar por dentro de assuntos importantes para o seu negócio como o que acabou de ler? Então, assine nossa newsletter para não perder nenhuma novidade do nosso blog.